Tamanho do texto

Após terminar o dia em sétimo, brasileiro reclamou da saída do pit lane e da falta de aderência do circuito

Nesta sexta-feira (14), Felipe Massa terminou o primeiro dia de treinos para o Grande Prêmio da Coreia na sétima colocação. O brasileiro lamentou as condições da pista molhada pela chuva, que atrapalhou a preparação para a prova qua acontece neste domingo (16), às 4h (de Brasília). Apesar disso, ele segue otimista e ansioso para completar a marca de 150 GPs em sua carreira. Neste sábado (15), às 2h (de Brasília), acompanhe o treino classificatório no Tempo Real do iG .

Veja também: Para Petrov, presença de Senna na equipe não muda muita coisa

"Foi um dia complicado. O circuito não tem muita aderência e o desgaste dos pneus intermediários foi maior do que o normal. Não existe outra maneira para explicar que, mesmo com a pista mais seca, os tempos não caíram. Tudo isso tornou a preparação para a classificação e a corrida mais difícil, mas é igual para todos", explicou Massa, que ainda criticou o trecho logo após o pit lane.

"A saída do pit lane é difícil, como todos puderam ver no acidente entre Nico Rosberg e Jaime Alguersuari. Acho que isso deveria ser melhorado para o futuro", afirmou.

Críticas à parte, o brasileiro destacou sua felicidade em completar 150 corridas na Fórmula 1. Para a ocasião, Massa usará adesivos comemorativos em seu capacete.

"Completar 150 corridas na Fórmula 1 é uma ótima realização. Lembro com mais carinho das provas que venci, até mesmo no Brasil, em 2008", disse Massa, recordando de quando perdeu o título mundial na última curva do circuito. O brasileiro soma 11 vitórias e 15 poles em toda sua carreira, conquistadas durante suas seis temporadas como piloto da Ferrari.