Tamanho do texto

Espanhol voltou a conquistar uma vitória na Fórmula 1 no GP britânico, no último domingo

selo

O espanhol Fernando Alonso voltou a conquistar uma vitória na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Grã-Bretanha , no último domingo (10). Foi o primeiro triunfo no ano para o piloto da Ferrari, que, apesar de celebrar o resultado, disse nesta quarta-feira (13) ser "realista" sobre as chances de título na temporada . Ele está na terceira colocação do Mundial de Pilotos , com 112 pontos, contra 204 do líder Sebastian Vettel .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Precisamos ser realistas, porque estamos 92 pontos atrás na classificação e isso é uma grande diferença. Vamos correr uma prova por vez, tentando vencer o máximo possível. Isso também envolve correr alguns riscos a mais e talvez tenhamos que pagar um certo preço, mas não há alternativa. Definitivamente não estamos desistindo, mas não devemos pensar no título", afirmou o piloto, por meio de seu blog no site oficial da Ferrari. 

Para Alonso, a vitória na Inglaterra teve um gosto ainda mais especial. Antes da prova, ele guiou um carro da Ferrari de 1951, para comemorar os 60 anos da primeira vitória da equipe na Fórmula 1, justamente no circuito de Silverstone

"Havia uma atmosfera especial em Silverstone no domingo. A plateia é sempre numerosa lá e eles estavam envolvidos com o evento. Para nós, foi um sentimento diferente e não consigo explicar o porquê. Talvez porque quiséssemos ir bem em um aniversário tão importante na nossa história", apontou. 

A evolução de seu carro, em relação às últimas provas, também foi motivo de comemoração para o espanhol nesta quarta-feira (13). "Sem dúvida, aconteceram algumas evoluções importantes no carro, o que significa que está muito mais fácil pilotar agora e me sinto mais preso ao chão do que antes, especialmente nas curvas rápidas. Isso significa que ganhamos em pressão aerodinâmica, o que estava mais nos distanciando dos rivais", avaliou.