Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após trabalho na Itália, Massa mostra decepção com início de ano

Brasileiro volta para casa, em Mônaco, após trabalhar para melhorar resultados na sede da Ferrari

iG São Paulo |

Felipe Massa resolveu se pronunciar a respeito de sua situação na Ferrari. Nesta quinta-feira (29), o brasileiro utilizou seu blog no site da escuderia italiana para comentar sobre o início ruim que teve nesta temporada. Massa mostrou estar frustrado com os resultados, mas com esperanças de mudança.

Leia também: Presidente da Ferrari demonstra confiança em Felipe Massa

“Estou desapontado, não nego. Não marcar nenhum ponto em duas corridas machuca, mas agora é hora de virar a página. Não é a primeira vez que passo por um momento difícil como este e sei que as coisas mudam rapidamente. Agora é a hora de fazer o meu melhor, pois quero que esta fase negativa chegue ao fim”.

O brasileiro também comentou sobre sua volta para a sede da Ferrari para trabalhar, logo após o GP da Malásia. “Um dia para estar com o time, para analisar em detalhes todos os momentos dos dois primeiros GPs de 2012, para entender como as coisas não foram do jeito que queríamos. Mudei meus planos e vim para Maranello depois da corrida em Sepang com este propósito”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Apesar do intenso trabalho, Massa afirmou que vai aproveitar os próximos dias com a família. “Vou voltar para casa em Mônaco, para passar alguns dias com a minha família, e na próxima semana voltarei para Maranello para mais reuniões com engenheiros e mais trabalho no simulador”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Massa já projeta as corridas da China e do Bahrein com otimismo. “Pat Fry (diretor-técnico da Ferrari) me mostrou os detalhes do programa de desenvolvimento do F2012 e esperamos melhorar nossa performance já em Xangai. Lá e em Sakhir, uma das minhas pistas favoritas, vamos de novo lutar no contra-ataque”.

O brasileiro também agradeceu as declarações de apoio que recebeu do presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, e do chefe da equipe, Stefano Domenicali. “Sinto que há confiança em mim, que o time está unido para me ajudar e isso é muito importante. Quero transformar isso em resultados para recompensá-los”.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Felipe MassaFerrari

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG