Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após ser condenado, Sutil chama Hamilton de covarde

Piloto alemão não gostou da ausência do britânico em seu julgamento

iG São Paulo |

Adrian Sutil disparou acusações contra Lewis Hamilton nesta quarta-feira (1) após ter sido condenado a um ano e seis meses de prisão em liberdade condicional. O alemão não gostou da ausência do britânico em seu julgamento, no qual atuaria como testemunha de defesa.

Leia também: Adrian Sutil é condenado a 18 meses em liberdade condicional

Em entrevista ao jornal Bild, Sutil chegou a insultar o ex-companheiro de Fórmula 1. “Lewis é um covarde”, afirmou.

Como o julgamento foi realizado na terça-feira (31) em Munique, apenas um dia antes do lançamento do lançamento do novo carro da McLaren, Lewis Hamilton alegou que os compromissos com a equipe o impediram de comparecer à audiência.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Sutil comentou ainda que Hamilton chegou a mudar o número de seu celular. “Não quero ser amigo de alguém como ele. Ele não foi homem como seu pai, que até me mandou uma mensagem me desejando sorte. Já Lewis não me mandou nada, e até trocou seu número de celular para que eu não pudesse localizá-lo”.

Adrian Sutil está sem equipe em 2012, após ter sido substituído na Force India por Nico Hulkenberg, e ter perdido a vaga na Williams para Bruno Senna.
 

Leia tudo sobre: adrian sutillewis hamiltonjulgamentof1fórmula 1force india

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG