Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após primeiros testes, regra dos 107% assusta pequenos na Espanha

Team Lotus, Virgin e Hispania teriam carros eliminados nesta sexta-feira em Barcelona

iG São Paulo |

A volta da regra dos 107% neste ano deixou os dois carros da Hispania fora do Grande Prêmio da Austrália – primeira corrida desta temporada. Desde então, Vitantonio Liuzzi, Narain Karthikeyan e pilotos de outras equipes pequenas, como Team Lotus e Virgin, não sofreram mais com isso. Porém, após as duas primeiras sessões de treinos livres para o GP da Espanha, essa voltou a ser uma preocupação das escuderias menores.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

De acordo com uma das novidades da temporada, o piloto que fizer um tempo 107% mais lento do que a melhor volta do Q1 é desclassificado da corrida.

Nesta sexta-feira (20), Mark Webber liderou as duas práticas. No primeiro treino livre, o australiano cravou 1m25s152. Caso se tratasse de um treino classificatório, 1m31s113 seria o tempo limite, e quatro pilotos foram mais lentos do que isso. Timo Glock, da Virgin, Jarno Trulli, da Team Lotus, e os dois competidores da Hispania, Liuzzi e Karthikeyan, extrapolaram esta marca.

No segundo treino livre, a dupla da escuderia espanhola voltou a estourar o tempo limite. Mark Webber estabeleceu o melhor tempo novamente – desta vez, cravou 1m22s470. Katrhikeyan fez 1min29s469 e Liuzzi, 1min29s476 – os dois foram mais lentos do que o tempo de 1m28s243, que marcaria o limite entre os classificados e os eliminados.

Leia tudo sobre: HispaniaTeam LotusVirgin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG