Erro na troca de pneus do brasileiro aconteceu por conta do novo sistema de porcas que a equipe instalou

No último domingo (24), no Grande Prêmio da Alemanha , um problema na troca de pneus de Felipe Massa custou a quarta colocação ao brasileiro . Não foi a primeira vez no ano que a Ferrari errou em um pit stop. Por isso, a escuderia italiana tenta melhorar seu desempenho nesta área.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Desde o começo do ano tivemos vários problemas com pit stops, o que atualmente estamos consertando passo a passo, sabendo que neste ano, com tantos pit stops, tudo pode acontecer e, de fato, vimos outras equipes também passarem por dificuldades nessa área”, disse Diego Ioverno, chefe de operações de pista da Ferrari.

De acordo com o dirigente, o problema na troca de pneus de Massa aconteceu porque a equipe ainda se adapta a um novo sistema de porcas das rodas, implantado no fim de semana do Grande Prêmio da Grã-Bretanha .

“Silverstone foi a primeira corrida que fizemos com um tipo completamente novo de porca, o que foi bem interessante, porque no Grande Prêmio da Grã-Bretanha nossos pit stops foram os mais rápidos da corrida. Então, na Alemanha usamos essa porca novamente, que funciona melhor, mas o sistema ainda não é perfeito e, na última troca de pneus de Felipe, perdemos a conexão entre a porca e a máquina que a troca, o que nos custou entre um segundo e um segundo e meio”, revelou Ioverno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.