Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após polêmica, Índia promete venda de ingresso transparente na F1

País asiático sediou o Mundial de Críquete, e a população reclamou de favorecimento às empresas

iG São Paulo |

Getty Images
Mundial de críquete deste ano foi disputado na Índia
Muitos indianos sofreram na tentativa de comprar um ingresso para o Mundial de Críquete, que foi disputado neste ano no país. A demanda foi muito alta e faltaram entradas, e os que não conseguiram assistir o jogo reclamaram do favorecimento a empresas. Para o Grande Prêmio da Índia de Fórmula 1, os organizadores prometem que vai ser diferente.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Estamos nesse negócio há um longo tempo agora. Tecnologia e experiência são a espinha dorsal, e todo o processo de venda de ingressos será extremamente amigável para o usuário e simples para um fã em qualquer parte do mundo”, disse Ashish Hemrajani, fundador da companhia que detém os direitos da Book my show, empresa responsável pela venda de ingressos para o GP da Índia.

O dirigente prometeu que os 110 mil ingressos serão colocados à venda, e que não haverá qualquer tipo de privilégio para empresas.

“Os ingressos vão garantir entrada para estudantes e para entidades corporativas, pois queremos atrair entusiastas de todas as classes sociais”, disse Hemrajani.

Leia tudo sobre: GP da Índia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG