Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após morte de Wheldon, Newey relembra Ayrton Senna

Diretor técnico da Red Bull projetou o carro em que o brasileiro sofreu acidente fatal

iG São Paulo |

Por conta do acidente fatal sofrido por Dan Wheldon, Adrian Newey, diretor técnico da Red Bull, lembrou-se do brasileiro Ayrton Senna. O projetista era um dos responsáveis pelo design do carro da Williams em 1994, ano em que o brasileiro morreu durante a disputa do Grande Prêmio de San Marino.

Veja também: Bicampeonato mundial de Ayrton Senna completa 21 anos

“Certamente no meu caso, estar no comando do projeto do carro em que um piloto perde sua vida, teria algo errado se eu não questionasse o que estava fazendo ali”, disse Newey, em entrevista ao jornal britânico The Telegraph, relembrando também sua passagem pela IndyCar.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Nos quatro anos em que projetei carros da Indy, fui sortudo o bastante para não ter acidentes trágicos e ninguém se ferir gravemente. Mas fundamentalmente, se você está correndo em um oval com paredes de concreto e muitos carros em alta velocidade muito próximos uns dos outros, você tem uma receita de acidentes”, completou.

Leia também: Mark Webber critica a IndyCar após morte de Dan Wheldon

De acordo com Newey, um acidente fatal é chocante mesmo quando se está ciente dos riscos do automobilismo.

“É sempre um momento terrível quando alguém morre. Não importa se é na categoria em que você está envolvido ou não. Estamos sempre cientes do fato de que o risco existe, mas uma coisa é estar ciente e outra coisa é quando acontece”, declarou Newey.

Leia tudo sobre: F1Adrian NeweyAyrton SennaDan WheldonRed BullIndy

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG