Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após largada ruim, Vettel comemora quinta posição na China

Saindo em 11º, alemão da Red Bull caiu para 15º, mas terminou em quinto

iG São Paulo* |

O alemão Sebastian Vettel estava entre os primeiros colocados a poucas voltas do fim do Grande Prêmio da China de Fórmula 1. Porém, acabou sendo ultrapassado seguidamente e terminou a corrida deste domingo (15) em quinto. Mesmo assim, o bicampeão celebrou o resultado, uma vez que, após largar em 11º,  caiu para 15º ainda na primeira volta da prova.

Leia também: Após pole inédita, Rosberg conquista sua primeira vitória na F1

Vettel, que optou por uma estratégia de apenas duas trocas de pneus, viu sua Red Bull cair muito de rendimento nas últimas voltas, com o desgaste dos compostos. Nessa condição, não conseguiu oferecer resistência a Jenson Button e Lewis Hamilton, da McLaren, e a seu companheiro Mark Webber, que cruzaram a linha de chegada após o alemão Nico Rosberg, vencedor da corrida.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Foi uma pena porque o pódio estava ao mesmo tempo tão perto e tão longe, mas mesmo assim foram bons pontos e uma boa recuperação da 15ª posição", disse o bicampeão mundial. Na temporada passada, ele foi ultrapassado nas mesmas condições por Hamilton, que ficou com a vitória em Xangai. "Foi ficando mais e mais difícil, não tinha mais nada dos pneus e sabia que minha única chance era tentar escapar de Kimi, mas acho que ele teve o mesmo problema". Vettel celebrou a quinta colocação da corrida por ter enfrentado um fim de semana complicado na China. Utilizando o sistema de escapamento antigo da Red Bull, por escolha própria, ele conseguiu apenas a 11ª colocação do grid.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Acho que vacilei na largada. Fui um pouco lento. Normalmente sou bem rápido quando as luzes apagam, acho que não estava acordado o suficiente", avaliou Vettel, que também citou a falta de velocidade da Red Bull nas longas retas do circuito de Xangai como um obstáculo para um desempenho melhor.

Leia também: Nico Rosberg recoloca Mercedes no topo após 57 anos

Webber teve um fim de semana melhor que seu companheiro de equipe. Além de largar melhor posicionado que Vettel, na sexta posição, o veterano piloto cruzou a linha de chegada no quarto posto, imediatamente à frente do bicampeão do mundo. O australiano se mostrou satisfeito com o resultado. "Foi difícil encontrar o ajuste ideal do carro durante a corrida. No fim, a quarta colocação não foi ruim. Estive em 13º lugar em um momento da prova, então preciso aceitar minha posição final como algo positivo. A estratégia escolhida para a corrida provou ser acertada aqui em Xangai. Quero parabenizar Nico Rosberg e a Mercedes pela merecida vitória”, finalizou o quarto colocado do Mundial de Pilotos.

Confira abaixo as melhores imagens do GP da China de F1

* com informações da Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: Sebastian VettelRed BullF1Mark WebberAutomobilismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG