Tamanho do texto

Apesar do desligamento da Associação, equipe diz que seguirá comprometida em resolver os problemas econômicos da F1

Após a Ferrari confirmar sua saída da Associação de Equipes da Fórmula 1 (Fota) , foi a vez da Red Bull anunciar sua ausência da entidade a partir do ano que vem. Em um comunicado oficial, a atual campeã mundial deixou claro que segue comprometida com os assuntos tratados pela entidade.

Leia também: Ferrari diz que decisão de deixar a Fota foi difícil

A equipe afirmou que seguirá com a política de redução de custos da categoria, mesmo discordando do Acordo de Restrição de Gastos (RRA, em inglês), imposto pela Fota. Este acordo foi um dos principais fatores para determinar a saída das duas escuderias da associação.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"A Red Bull pode confirmar a notícia divulgada de que está se desligando da Fota. Nosso time continuará comprometido a encontrar uma solução para a economia de custos na F1", pontuou a equipe em um comunicado oficial divulgado na tarde desta sexta-feira (2).