Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Após dois abandonos, Grosjean diz que ano começa na China

Piloto da Lotus ainda não completou nenhuma prova nesta temporada da Fórmula 1

Gazeta |

Depois de abandonar os Grandes Prêmios da Austrália e da Malásia nas primeiras voltas, o francês Romain Grosjean, da Lotus, encara o GP da China como o começo efetivo de sua temporada. Na abertura do Mundial, Grosjean surpreendeu ao conseguir a terceira posição no treino classificatório, mas abandonou após ser tocado por Pastor Maldonado na primeira volta. Em Sepang, abandonou depois de acidente com Michael Schumacher.

Leia também: Kimi Raikkonen lamenta falta de sorte da Lotus

"Quando você comete erros, precisa admitir e não repeti-los. Quando não é sua culpa, bem, não é sua culpa. As duas primeiras corridas foram ruins e não tivemos resultado. Por outro lado, sei que podemos conseguir grandes coisas nas próximas. Minha temporada começa de verdade na China", afirmou o francês. 

Assim como seu companheiro Kimi Raikkonen já disse, Grosjean espera que a equipe consiga terminar um fim de semana de Fórmula 1 com mais sorte e menos imprevistos, que marcaram as primeiras etapas da Lotus.

"Na China, espero que tenhamos uma corrida mais comum, com tudo em seu lugar na largada e durante a prova, e não uma quantidade maluca de água na pista como em Sepang, e que finalmente possamos atingir o bom resultado de que somos capazes", explicou. A chance de Grosjean finalmente "estrear" na temporada será no dia 15 de abril.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1LotusRomain GrosjeanGP da China

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG