Venezuelano afirma que é um lutador e não cessará sua busca por resultados melhores

O novato Pastor Maldonado foi bastante elogiado por sua corrida neste fim de semana, no Grande Prêmio da Bélgica . O venezuelano da Williams deu a volta por cima após uma penalidade em função de uma colisão com a McLaren de Lewis Hamilton durante os treinos classificatórios , chegando em décimo, o melhor resultado de sua breve carreira.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Maldonado agora quer conquistar ainda mais na Fórmula 1 . "Não vou relaxar. Sou um lutador. Durante todo o campeonato tenho lutado e pressionado muito forte junto com o time para melhorar o carro a cada corrida, mais e mais", disse o venezuelano nesta terça-feira (30).

"Infelizmente não tivemos um carro muito forte, principalmente no começo do campeonato, o que me custou muita experiência. Mas acho que me sinto mais confiante com a equipe, os mecânicos, os engenheiros, o carro, as pistas e até comigo mesmo", acrescentou.

O venezuelano, companheiro de time do brasileiro Rubens Barrichello, também disse que os ânimos na equipe estão mais otimistas para o ano que vem. A Williams trocará sua fornecedora de motores, isto é, passará a ter o sistema Renault (o mesmo da atual campeã Red Bull) ao invés de Cosworth .

"Estou muito feliz porque o ambiente no time é positivo, mesmo que os resultados até agora não tenham sido os melhores. Mas a única coisa que pretendo agora é continuar a lutar, tudo pode acontecer na F1 e espero melhorar até o fim da temporada e trabalhar duro na próxima", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.