Alemão vai praticar esporte durante a Páscoa para manter a forma física antes da temporada europeia

Nico Rosberg chegou a liderar 14 das 56 voltas do Grande Prêmio da China, mas terminou a prova somente na quinta colocação. Sua Mercedes teve problemas com o gerenciamento de combustível no fim da corrida, atrapalhando-o em sua briga por melhores posições.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“A corrida de domingo foi definitivamente uma das mais empolgantes em que eu já pilotei. Demorou algum tempo depois da prova para a ficha cair porque eu tinha grande esperança de conseguir ir ao pódio, e eu liderei por um quarto da corrida”, disse Rosberg.

“Entretanto, não posso culpar ninguém na equipe pelos problemas com combustível, é uma lição que aprendemos juntos. Temos de estar felizes por termos dado um passo à frente na China, que foi alcançado porque todos trabalharam duro”, completou o alemão.

O piloto também revelou que, durante a Páscoa, vai continuar treinando para manter a forma física.

“Eu pretendo cobrir uma distância de triatlo em Nice com alguns amigos. Foi difícil treinar em Xangai por causa dos compromissos do fim de semana, mas eu consegui achar tempo para o preparo físico, então devo estar bem preparado”, disse Rosberg, que também vai ajudar no desenvolvimento da Mercedes antes do Grande Prêmio da Turquia.

“Depois da Páscoa, vou visitar a fábrica em Brackley para me encontrar com a equipe e olhar para o que aprendemos das três primeiras corridas e o que podemos fazer antes da temporada europeia começar”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.