Piloto alemão da Force India se envolveu em confusão com Eric Lux, presidente da empresa dona da Renault

Depois de uma briga em uma boate em Xangai , após o Grande Prêmio da China, Eric Lux, presidente da Genii Capital – empresa que detém os direitos da Renault – informou que vai processar o alemão Adrian Sutil . Em comunicado oficial, Manfred Zimmermann, empresário do piloto, disse que seu cliente vai lutar para esclarecer a situação.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

"Adrian já explicou que suas ações na China resultaram em uma lesão acidental no Sr. Lux, e já se desculpou incondicionalmente por seu envolvimento neste evento infeliz. Se o Sr. Lux levar o caso adiante, Adrian vai utilizar-se de todos os meios disponíveis para esclarecer sua situação e limpar seu nome”, disse Zimmermann.

O empresário também declarou que seu cliente não vai se pronunciar sobre a confusão.

“Não serão feitos mais comentários sobre o assunto, porque Adrian continua focado nas próximas corridas, em Barcelona e Mônaco”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.