Tamanho do texto

Piloto teve de ser retirado de ambulância após sofrer acidente no Grande Prêmio de Mônaco

Vitaly Petrov, piloto da Lotus Renault, acredita que vai estar 100% para o Grande Prêmio do Canadá, que será disputado no próximo dia 12 . O russo teve de deixar o GP de Mônaco de ambulância depois de sofrer acidente e machucar o tornozelo .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Fisicamente me sinto bem, sem problemas. Estou me sentido melhor do que depois da corrida de Mônaco. Meu tornozelo está bom e eu não vejo problemas para correr no Canadá”, disse Petrov.

O piloto acredita que, se não fosse pelo acidente, poderia ter concluído a prova no pódio em Monte Carlo.

“Até o incidente, as coisas estavam indo muito bem. Poderia ter terminado em terceiro ou quarto. Para ser terceiro, eu teria de realmente forçar o ritmo, mas quarto não estava além das nossas possibilidades porque meu ritmo não estava ruim e eu fui capaz de gerenciar bem os pneus”, opinou o russo.