Tamanho do texto

Com a chuva e sem conseguir avaliar nova asa, espanhol afirma que sexta-feira foi pouco importante

A chuva estragou o cronograma da Ferrari para os treinos livres desta sexta-feira (14), em Yeongam. Preparando-se para o Grande Prêmio da Coreia do Sul, a escuderia italiana usou um novo modelo de asa dianteira, mas Fernando Alonso deixou claro que não conseguiu testar corretamente a melhoria e que ainda prevê muito trabalho para ajustar o carro para domingo. Neste sábado (15), às 2h (de Brasília), acompanhe o treino classificatório no Tempo Real do iG .

Veja também: Às vésperas de sua 150ª prova na F1, Massa critica pista coreana

"Nós testamos uma nova asa dianteira, mas definitivamente foi muito difícil avaliá-la em condições como essas. Condições que foram ideais para a McLaren, por exemplo", analisou Alonso. A McLaren dominou o segundo treino-livre, com Lewis Hamilton dono do melhor tempo e Button como o segundo mais rápido.

No treino inicial, Alonso não chegou a marcar tempo, devido à forte chuva. Já no segundo treino, o piloto espanhol fez a quarta melhbor volta.

"Foi uma sexta difícil, com o tempo mudando ao longo da atividade, fazendo com que fosse impossível desenharmos qualquer conclusão útil para o resto do fim de semana. Se considerarmos que não deve chover sábado nem domingo, ficará ainda mais evidente que hoje foi pouco significante", disse.

Alonso ainda destacou que deverá enfrentar dificuldades com seus pneus na corrida, que acontece neste domingo (16), às 4h (de Brasília). "Precisamos de mais voltas para fazer os pneus alcançarem uma temperatura, e então, quando chegamos lá, os pneus já começam a se desgastar. Vamos ter de improvisar um pouco, tanto na classificação quanto na corrida", concluiu o piloto.