Espanhol ficou pela primeira vez no ano atrás de seu companheiro de Ferrari, Felipe Massa, no classificatório

Fernando Alonso ficou atrás de Felipe Massa no treino classificatório deste sábado (30) e larga em quinto no Grande Prêmio da Hungria . O espanhol, no entanto, disse não estar desapontado e que é mais vantajoso sair em sua posição do que em quarto – classificação do brasileiro. Neste domingo (31), às 9h (de Brasília), acompanhe a corrida no Tempo Real do iG .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“É o mesmo resultado da semana passada, então, mais uma vez, não estamos surpresos ou desapontados”, declarou Alonso.

“É verdade que não fiz uma volta perfeita no Q3, mas não acredito que poderia ter conseguido a primeira fila. É importante que nossos dois carros estejam em posições das quais podemos lutar por um lugar no pódio”, explicou o piloto da Ferrari. “Melhor quinto do que quarto, já que pelo menos vou começar no lado limpo da pista”, completou.

Ele ainda comentou sobre o desempenho da Red Bull nos classificatórios: “Parece que na hora do Q3 a Red Bull tem um botão mágico que de repente os faz irem mais rápido. Mas parece que o botão se desliga na corrida”.

Aloso avaliou suas chances em Hungaroring e afirmou que a corrida está aberta. “É sempre difícil ultrapassar aqui e não acho que a asa móvel vai mudar muito isso. Será importante acertar o momento dos pit stops – que acredito que serão muitos, talvez três ou quarto, já que o desgaste dos pneus é significativo. Acho que tudo pode acontecer: será uma corrida muito aberta”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.