Espanhol enfrentou o alemão duas vezes na pista, mas preferia que disputa valesse um lugar no pódio

Neste domingo, Fernando Alonso terminou o Grande Prêmio da China na sétima colocação. Depois da prova, o espanhol lamentou o tempo que perdeu na largada e após sua primeira parada nos boxes.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Fiz uma largada ruim, Felipe (Massa) conseguiu me passar, e uma Force India quase conseguiu o mesmo, então tive uma briga boa na primeira volta. Depois do primeiro pit stop, eu perdi muito tempo atrás de Michael (Schumacher), o que me distanciou do pelotão da frente”, disse Alonso, que ainda teria outra disputa com o heptacampeão mundial.

“Eu me encontrei enfrentando-o de novo no fim da corrida, com nossas posições invertidas. Novamente, foi uma briga boa, mas eu teria preferido que ela valesse um lugar no pódio, e não a sétima posição”, completou.

Alonso voltou a cobrar melhoras na Ferrari para voltar a brigar por colocações melhores durante a temporada.

“Sabemos que podemos melhorar. McLaren e Mercedes conseguiram, e não há motivos para pensar que não podemos fazer o mesmo. Claramente, a aerodinâmica é nosso Tendão de Aquiles no momento, e é nisso que temos de concentrar nossos esforços”, opinou o ferrarista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.