Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Alguersuari diz que bandeira vermelha o ajudou a largar em sétimo

Espanhol da Toro Rosso foi beneficiado por problemas de Petrov com o câmbio do carro

iG São Paulo |

Jaime Alguersuari conseguiu uma boa posição no treino classificatório deste sábado (16). O espanhol cravou 1min36s158 e largará em sétimo no Grande Prêmio da China, enquanto seu companheiro de equipe, Sébastien Buemi, começa a corrida em nono.

Siga o iG automobilismo no Twitter

Quando faltava cerca de dois minutos para o fim do Q2, o câmbio de Vitaly Petrov falhou e o treino foi interrompido. Depois de reiniciado o treino, a briga por posições na volta de instalação foi grande. O tráfego intenso atrapalhou alguns pilotos, que não conseguiram pegar pista livre. Os dois carros da Toro Rosso se aproveitaram da situação e conseguiram classificação para o Q3.

O espanhol da equipe taurina celebrou. “Eu preciso parabenizar a equipe por fazer um bom trabalho e escolher a estratégia certa para dominar essa sessão. Colocar o Sébastien e eu no Q3 é definitivamente um sucesso para todo o time. Para ser honesto, nós realmente não esperávamos por isso. Vendo a velocidade de alguns de nossos rivais, a bandeira vermelha no Q2 nos ajudou definitivamente”, falou Alguersuari.

“Amanhã acho que há a possibilidade de conquistarmos um bom número de pontos e estou otimista porque nós escolhemos uma configuração do carro mais adequada para a corrida do que para uma volta rápida de classificação. É verdade que nós não estamos acostumados a começar nesta posição e talvez eu tenha que fazer uma corrida defensiva e observar como os pneus se saem, porque isso será novamente um fator chave”, concluiu o espanhol.
 

Leia tudo sobre: Toro RossoJaime Alguersuari

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG