Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Alguersuari ataca Red Bull e alfineta Sebastian Vettel

Dispensado da Toro Rosso, espanhol não poupou críticas à ex-equipe e à Red Bull

Gazeta |

Com apenas 19 anos e 125 dias, Jaime Alguersuari foi o piloto mais jovem a disputar uma prova de Fórmula 1, no Grande Prêmio da Hungria em 2009. Dispensado pela Toro Rosso, equipe satélite da Red Bull, o espanhol criticou o time austríaco e disse que ainda sonha voltar à principal categoria do automobilismo.

Leia também: Com contrato no fim, Massa evita pensar no futuro

"As coisas nunca foram claras. Nunca diziam nada bom se você fazia as coisas bem, não havia boas caras, não havia feeling. De qualquer forma, daquela gente eu podia esperar o pior. Mas não imaginava um futuro sem a Red Bull", disse Alguersuari em entrevista ao jornal espanhol As. O piloto sofreu críticas do chefe da Toro Rosso, Franz Tost, que afirmou que o espanhol não tinha condições de chegar à Red Bull.

Alguersuari conta que a pressão por bons resultados já na Toro Rosso era grande. "Com o carro que tive nesses dois anos, ganhar uma corrida era ser oitavo. Quando você tinha a sorte de que uma Renault ou uma Mercedes quebrassem e ficava em oitavo ou sétimo, tirando quatro pontos do nada, o único que pediam era para ganhar uma corrida com um Toro Rosso, colocando o Vettel como exemplo", disse Alguersuari.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Antes de conquistar o bicampeonato mundial com a Red Bull, o alemão Sebastian Vettel conseguiu vencer em Monza, em 2008, com a equipe satélite. O piloto espanhol reiterou que era impossível ganhar com os modelos dos últimos anos e alfinetou o germânico. "O carro do Vettel era um segundo Red Bull. O senhor Vettel, durante todo o ano, fez 14 vezes a Q3, igual ao Bourdais. Todo mundo fala Vettel, Vettel, Vettel, mas foi igual ao Bourdais, que saiu em quarto naquela prova de Monza. Cada um vê as coisas como quer", declarou.

Alguersuari disse estar em contato com outra equipe da Fórmula 1 e ainda mostrou mágoa pela forma como foi dispensado pela Toro Rosso. "O senhor Tost me ligou e disse que não contavam comigo para 2012. Perguntei se ele estava brincando e ele disse que não", lamentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Com a carreira marcada pela precocidade, o espanhol não acredita que acabou saltando etapas durante sua trajetória até alcançar a Fórmula 1. Com apenas 21 anos, ele procura se manter em forma e disputará algumas provas de kart em breve, sempre com o sonho de retornar à categoria principal.

"Sei do que sou capaz e onde posso chegar. Continuo acreditando que, com um bom carro, posso ser campeão do mundo. Não sei se vou voltar à Fórmula 1. Espero que sim e quero pensar que sim, mas não sei, porque nunca soube que estrearia com 19 anos e que seria dispensado com 21", declarou.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Jaime AlguersuariRed BullSebastian Vettel

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG