Ecclestone gostaria de ter corridas nos três países. Dirigente afirmou que Bahrein pagou a taxa deste ano

Após incluir Estados Unidos e Rússia no calendário da Fórmula 1 – o primeiro vai voltar na próxima temporada, enquanto o segundo vai estrear em 2014 – Bernie Ecclestone pretende adicionar mais países à temporada da categoria. De acordo com o dirigente, África do Sul, México e Grécia estão nos planos.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Depois da Rússia, eu gostaria de ir para a África do Sul e para o México. Os dois países estão tentando fazer alguma coisa. A Grécia também está tentando fazer uma corrida de Fórmula 1. Os alemães vão emprestar algum dinheiro para eles”, disse Ecclestone, em entrevista ao jornal britânico The Independent .

O chefe da F1 afirmou que recebeu garantias de que o Bahrein será capaz de sediar a corrida do ano que vem, marcada para abril, e disse que o país pagou as taxas dessa temporada mesmo sem ter recebido a categoria.

“Falei com os organizadores e eles disseram que estará tudo bem. Espero que eles estejam bem para o bem deles, não para o nosso. Eu não acho que o volume de negócios vá cair neste ano. Acho que ele vai se manter porque nós fomos pagos pelo Bahrein. Eu disse que devolveríamos o dinheiro e eles disseram que não precisava. Acho que o volume de negócios e o lucro será mais ou menos igual ao de 2010”, declarou Ecclestone.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.