Com problema na justiça, alemão fica longe da vaga na Williams, o que pode favorecer Bruno Senna e Rubens Barrichello

O alemão Adrian Sutil, que ainda briga por uma vaga na Fórmula 1 em 2012, será julgado no final deste mês, em Munique, pela acusação de ter agredido Eric Lux, um dos sócios da Lotus, em uma casa noturna em Xangai , em abril do ano passado.

Leia também: Horner rebate críticas e defende programa de jovens da Red Bull

Alguns colegas de F1 do piloto que também estavam na casa noturna no dia da confusão devem ser chamados para depor e apresentar evidências sobre o caso. Se for condenado, o alemão pode pegar até um ano de prisão.

O agente de Sutil, Manfred Zimmermann, está confiante que o julgamento vai limpar o nome do piloto e colocar um fim no caso.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Haverá um julgamento no final de janeiro, em Munique. Isso estava planejado e estamos ansiosos para fechar o caso”, disse Zimmermann à revista britânica Autosport .

Com este problema na justiça, as chances de Sutil conseguir uma vaga no grid da F1 em 2012 diminuem. O alemão era forte candidato a uma vaga na Williams. Agora Bruno Senna e Rubens Barrichello viram favoritos para ficar com o posto da escuderia britânica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.