Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Adrian Sutil diz que está muito arrependido de agressão

Piloto é acusado de causar lesões corporais graves em Eric Lux durante briga em festa

AE |

selo

O alemão Adrian Sutil, que pilotou pela Force India na temporada passada da Fórmula 1, declarou nesta segunda-feira (30) que tentou resolver fora dos tribunais o polêmico caso em que foi acusado de ter agredido e ferido com um copo Eric Lux, um dos sócios da Lotus, em 2011, em uma boate na China.

Leia também:
Se gostar da Indy, vou correr lá, diz Barrichello a jornal

Sutil disse durante julgamento em um tribunal distrital de Munique, que ele "tentou tudo" para resolver o caso pelo qual está sendo processado pelo dirigente. O alemão é acusado de causar lesões corporais graves a Lux em uma festa após Lewis Hamilton vencer o Grande Prêmio da China, em Xangai, no dia 17 de abril.

Ao tribunal, Sutil disse que ofereceu "dezenas de milhões" e também uma doação para uma instituição de caridade, o que foi recusado por Lux, que precisou levar mais de 20 pontos no pescoço por conta do incidente. "Eu estou terrivelmente arrependido. Eu nunca quis que acontecesse lá o que aconteceu", afirmou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Os promotores pediram uma sentença de um ano de detenção para o piloto. Sutil disse no ano passado que ele só queria derramar sua bebida em Lux, e que a lesão causada foi completamente "sem intenção e acidental".

Sutil perdeu a sua vaga na Force India depois de cinco temporadas, sendo substituído pelo compatriota Nico Hulkenberg. Ele está sem equipe para 2012 e apenas a Hispania possui uma vaga disponível para a temporada da Fórmula 1.

Leia tudo sobre: adrian sutileric luxjulgamentofórmula 1f1force india

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG