De acordo com a escuderia, Carmen Jordá fará testes ao longo da temporada e trabalhará no simulador da equipe

A Lotus confirmou a contratação de Carmen Jordá como piloto de desenvolvimento para a temporada 2015 da Fórmula 1. De acordo com o que a escuderia anunciou, a espanhola de 26 anos viajará para os Grandes Prêmios e testes ao longo do ano, além de trabalhar no simulador da equipe. 

Leia: McLaren ainda não sabe se poderá contar com Alonso na abertura do campeonato

"Piloto desde os dez anos, então era um sonho meu dirigir um carro de Fórmula 1 desde muito jovem. Dou um grande passo nesse sentido ao me juntar à Lotus. Vou trabalhar para me desenvolver como piloto e para ajudar a equipe a desenvolver o carro, testando novas ferramentas no simulador. É uma oportunidade fantástica. Sei que é apenas o começo e que o grande desafio ainda está por vir, mas só de fazer parte da escuderia de tanta história já é uma grande honra", disse Carmen.

A espanhola estava na GP3 nas últimas três temporadas, mas não teve muito sucesso. Caso consiga realizar o seu sonho de chegar à posição de piloto de titular da Fórmula 1, ela interromperá um período que se aproxima de completar 40 anos. Isso porque a última mulher a disputar uma corrida da categoria foi a italiana Lella Lombardi, em 1976.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.