Tamanho do texto

Ex-piloto francês aponta personalidade 'diferente' do finlandês para apostar no sucesso da Ferrari e lembra dos tempos que foi companheiro de Senna na McLaren

Alain Prost, ex-piloto da Fórmula 1
Getty Images
Alain Prost, ex-piloto da Fórmula 1

Dono de quatro títulos na Fórmula 1, o ex-piloto Alain Prost acredita que a união de dois campeões mundiais na Ferrari a partir de 2014 tem tudo para dar certo. O francês lembrou até os tempos em que foi companheiro do brasileiro Ayrton Senna na McLaren para apostar no sucesso da dupla que será formada entre Kimi Raikkonen e Fernando Alonso.

"Só o próximo ano nos dirá, mas pode funcionar muito bem", disse Prost. "Já funcionou muito bem no passado. Todo mundo pensa sobre o que aconteceu entre mim e o Senna, mas nós também funcionamos bem, ao menos para a equipe, que chegou ao topo."

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Prost correu ao lado de Senna na McLaren em duas temporadas. Em 1988, o brasileiro, que tinha acabado de chegar da Lotus, conquistou o primeiro título da carreira. No ano seguinte, foi a vez do francês levar a melhor. Em ambas as oportunidades, a escuderia venceu a disputa de construtores. Mas os dois pilotos colecionaram desentendimentos e tiveram relacionamento bastante conturbado, resultando na saída do francês para a Ferrari em 1990.

Em 2014, Prost acredita que o cenário na Ferrari será diferente em relação ao que aconteceu na McLaren no final dos anos 1980. Isso por causa da personalidade tranquila de Raikkonen, que ele classifica como diferente em relação à dele, à de Senna e à de Alonso.

"Acredito que este caso deverá ser mais fácil, já que Kimi tem uma característica diferente", concluiu Prost.

Relembre outras duplas formadas por campeões na história da Fórmula 1