Para Hamilton, Ferrari terá a dupla de pilotos mais forte da Fórmula 1 em 2014

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mais rápido do primeiro treino livre em Cingapura desta sexta, inglês da Mercedes exalta união de Kimi Raikkonen e Fernando Alonso na escuderia italiana

Getty Images
Fernando Alonso e Kimi Raikkonen serão companheiros na Ferrari em 2014

Ainda restam sete etapas para o final da atual temporada da Fórmula 1, mas a Ferrari já definiu sua situação para 2014 ao confirmar a contratação de Kimi Raikkonen. O finlandês substituirá o brasileiro Felipe Massa e será companheiro de equipe do espanhol Fernando Alonso. Para Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, os dois formarão a dupla mais forte do campeonato a partir do próximo ano.

Você concorda com a opinião de Lewis Hamilton? Deixe seu comentário

Antes do primeiro treino livre desta sexta-feira em Cingapura, do qual foi o mais rápido, Hamilton afirmou: "Kimi está pilotando de uma forma sensacional neste ano, imagino que continuará fazendo a mesma coisa em 2014. Fernando também está pilotando muito bem. Falam que nós (da Mercedes) temos hoje a dupla de pilotos mais forte, mas agora acredito que eles assumirão esta condição."

Luca Bruno/AP
Lewis Hamilton, piloto da Mercedes

Hamilton já viveu a experiência de trabalhar com Alonso. No seu primeiro ano na Fórmula 1, teve o espanhol como companheiro na McLaren. A relação dos dois, na época, não foi das melhores. Mas, segundo o inglês, melhorou muito desde então. Mais um motivo que o faz acreditar no sucesso da Ferrari em 2014.

"Sinto que nós dois crescemos e amadurecemos muito. Nossa relação melhorou muito. Estou seguro de que ele (Alonso) teve uma grande relação com Felipe (Massa) e terá também com Kimi", afirmou.

Na atual temporada, Mercedes e Ferrari estão muito próximas na briga pela vice-liderança da classificação por equipes. A escuderia italiana tem 248 pontos, três a mais do que a alemã. Ambas, no entanto, estão bem distantes da Red Bull, que soma 352.

"Queremos vencê-los", disse Hamilton, referindo-se exatamente a esta disputa com a Ferrari. "Neste ano, podemos superá-los no mundial de construtores. Mas, depois disso, eles serão uma equipe mais forte", encerrou o inglês.

Leia tudo sobre: Fórmula 1FerrariAlonsoRaikkonenHamilton

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas