Alonso sugere que Red Bull não sabe perder

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Piloto espanhol da Ferrari afirma que a escuderia rival parece má perdedora por reclamar dos pneus da Fórmula 1

Reuters

Mark Thompson/Getty Images
Fernando Alonso, piloto da Ferrari

A Red Bull parece má perdedora ao reclamar dos pneus da Fórmula 1, sugeriu o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, nesta quarta-feira.

O espanhol, vencedor na China em abril e em Barcelona neste mês, disse a repórteres no Grande Prêmio de Mônaco que cabe à equipe campeã mundial explicar seus comentários, mas apresentou uma teoria própria.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Sabemos que Barcelona foi uma boa corrida para nós e não tão boa para alguns de nossos concorrentes", disse ele.

"Alguns desses concorrentes afirmam ter um super carro, mas as últimas três pole positions foram para outro carro, quando os pneus eram novos. Às vezes acontece quando você ganha muito facilmente por alguns anos, é difícil perder algumas corridas depois."

Red Bull e Sebastian Vettel conquistaram os títulos de construtores e pilotos nos últimos três anos e ganharam duas das cinco corridas até agora nesta temporada.

Vettel, o mais jovem tricampeão da modalidade aos 25 anos, está apenas quatro pontos à frente do piloto da Lotus Kimi Raikkonen, com Alonso na terceira posição, a 17 pontos da liderança.

O bilionário proprietário da Red Bull, Dietrich Mateschitz, afirmou após a corrida espanhola, que teve diversos pitstops e Vettel fora do pódio, em quarto lugar, que os pneus da Pirelli estavam danificando o esporte.

"Todo mundo sabe o que acontece aqui. Isso não tem nada a ver com corrida mais. Esta é uma competição em gestão de pneus", disse o austríaco.

"As corridas de verdade parecem diferentes. Sob estas circunstâncias, não podemos nem tirar o melhor proveito do nosso carro, nem dos nossos pilotos. Não há mais classificações reais e lutas pela pole, já que todo mundo está apenas economizando pneus para a corrida."

A Mercedes conquistou a pole position nas últimas três corridas, mas tem sofrido para fazer com que os pneus durem nos domingos e ainda não venceu nesta temporada.

A Ferrari não vence em Mônaco desde que Michael Schumacher triunfou em 2001, mas Alonso ganhou lá por Renault e McLaren e pode se tornar o primeiro piloto a ter três vitórias no principado por três equipes diferentes.

O espanhol disse que isso é um impulso considerável para o fim de semana.

"Obviamente, queremos ganhar o campeonato, mas Mônaco é uma corrida especial. Mônaco é a corrida mais importante do campeonato. Todo mundo, em qualquer país, já ouviu falar sobre o Grande Prêmio de Mônaco, as 500 milhas de Indianápolis e Le Mans", afirmou Alonso.

Leia tudo sobre: F1Fórmula 1Fernando AlonsoRed BullFerrari

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas