Espanhol venceu terceira etapa do Mundial de F1 com tranquilidade e assumiu terceira colocação na classificação. Próxima etapa é em Bahrein

Fernando Alonso não acredita que o domínio que teve no GP da China de Fórmula 1 possa ser um indicativo de que a Ferrari estará na briga pela vitória na maioria das corridas até o fim do ano. Na prova deste domingo, o espanhol largou da terceira colocação, mas assumiu a ponta já na quinta volta e manteve ritmo forte até garantir o triunfo tranquilo.

LEIA: Alonso acerta estratégia e vence GP da China; Massa termina em 6º

"Acho que é um pouco cedo para dizer, precisamos esperar até o recesso de verão para vermos se seremos um candidato claro. Espero que estejamos nesse grupo e que Felipe [Massa] também, o que mostraria que o carro está indo bem", disse Alonso. "No momento creio que Lotus, Red Bull e Mercedes estão na mesma posição que nós".

O resultado da corrida em Xangai foi importante também para Alonso não se distanciar da briga pela liderança da temporada. O espanhol abandonou na Malásia, etapa anterior do calendário, e viu seus rivais se distanciarem na tabela, situação já bem diferente após a prova na China.

A primeira colocação do Mundial ainda está nas mãos do alemão Sebastian Vettel, que soma 52 pontos, mas agora ele recebe pressão maior de Kimi Raikkonen, que soma 49, e do próprio espanhol da Ferrari, terceiro colocado com 43.

"O time fez um trabalho perfeito com o acerto do carro, tivemos execução e tempos perfeitos de pit-stop, então no fim a vitória é uma boa recompensa para toda a equipe e bem merecida após a decepção na Malásia. Precisamos seguir nessa direção, sem riscos extras, e com sorte conseguiremos outro pódio no Bahrein".

CLASSIFICAÇÃO DO GP DA CHINA DE FÓRMULA 1
1. Fernando Alonso ESP/Ferrari 56 voltas
2. Kimi Raikkonen FIN/Lotus a 10s100
3. Lewis Hamilton ING/Mercedes a 12s300
4. Sebastian Vettel ALE/Red Bull a 12s500
5. Jenson Button ING/McLaren a 35s200
6. Felipe Massa BRA/Ferrari a 40s800
7. Daniel Ricciardo AUS/Toro Rosso a 42s600
8. Paul di Resta ESC/Force India a 51s000
9. Romain Grosjean FRA/Lotus a 53s400
10. Nico Hulkenberg ALE/Sauber a 56s500
11. Sergio Perez MEX/McLaren a 1min03s800
12. Jean-Eric Vergne FRA/Toro Rosso a 1min12s600
13. Pastor Maldonado VEN/Williams a 1min33s800
14. Valtteri Bottas FIN/Williams a 1min35s400
15. Jules Bianchi FRA/Marussia a 1 volta
16. Charles Pic FRA/Caterham a 1 volta
17. Max Chilton ING/Marussia a 1 volta
18. Giedo van der Garde HOL/Caterham a 2 voltas
- Nico Roberg ALE/Mercedes 22 voltas
- Mark Webber AUS/Red Bull 16 voltas
- Adrian Sutil ALE/Force India 6 voltas
- Esteban Gutierrez MEX/Sauber 5 voltas


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.