Vettel ultrapassa Webber no fim e vence na Malásia. Massa chega em quinto

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Atual tricampeão da Fórmula 1, alemão lidera dobradinha da Red Bull, conquista primeira vitória na temporada e assume a ponta do campeonato

Segunda etapa da temporada 2013 da Fórmula 1, o GP da Malásia neste domingo teve dobradinha da Red Bull, após disputa acirrada entre os dois pilotos da escuderia nas voltas finais. Atual tricampeão mundial, o alemão Sebastian Vettel levou a melhor sobre o companheiro, o australiano Mark Webber, e comemorou a vitória pela primeira vez no ano. Quem completou o pódio foi o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes. Já o brasileiro Felipe Massa cruzou a linha de chegada com a sua Ferrari na quinta posição.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sebastian Vettel (centro) venceu o GP da Malásia. Mark Webber (esq.) e Lewis Hamilton (dir.) completaram o pódio . Foto: Mark Thompson/Getty ImagesVettel e Hamilton comemoram resultado do GP da Malásia no pódio. Foto: Mark Thompson/Getty ImagesMark Webber celebra segundo lugar conquistado na Malásia. Foto: Mark Thompson/Getty ImagesRed Bull de Sebastian Vettel cruza a linha de chegada na Malásia. Foto: Mark Thompson/Getty ImagesRed Bull comemora dobradinha dos pilotos da escuderia na Malásia. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesSebastian Vettel comemora vitória no GP da Malásia. Foto: Clive Mason/Getty ImagesVettel pilota sua Red Bull durante o GP da Malásia. Foto: Clive Mason/Getty ImagesVettel lidera prova na Malásia seguido pelo companheiro de Red Bull, Mark Webber. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesLewis Hamilton conduz sua Mercedes no circuito de Sepang. Foto: Clive Mason/Getty ImagesNico Rosberg acelera sua Mercedes em Sepang. Foto: Clive Mason/Getty ImagesCarro de Felipe Massa passa em frente os companheiros da Ferrari em Sepang. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesJenson Button acelera sua McLaren no GP da Malásia. Foto: Clive Mason/Getty ImagesCom a asa dianteira danificada da sua Ferrari, Fernando Alonso abandonou logo na segunda volta. Foto: Clive Mason/Getty ImagesAlonso não esconde a frustração após abandono precoce na Malásia. Foto: Mark Thompson/Getty ImagesSebastian Vettel mantém a liderança após largada em pista molhada na Malásia. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesSebastian Vettel para nos boxes da Red Bull durante GP da Malásia. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesFerrari trabalha durante passagem de Felipe Massa pelos boxes. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesAntes da corrida, Ferrari homenageou Alonso, que completou 200 provas na Fórmula 1. Foto: Paul Gilham/Getty Images

O final de corrida em Sepang foi marcado pelas disputas entre companheiros de equipe. Webber e Vettel protagonizaram uma luta intensa pela liderança a partir da 44ª volta, vencida pelo alemão depois da ultrapassagem que fez duas voltas depois. Já os pilotos da Mercedes duelaram pelo terceiro lugar. Rosberg chegou a desbancar Hamilton, mas levou o troco do inglês logo em seguida. 

Com a vitória em Sepang neste final de semana, Vettel assume a liderança do campeonato. Somando o resultado deste final de semana com o terceiro lugar que obteve no GP da Austrália, o alemão soma agora 40 pontos. Em seguida, aparece o finlandês Kimi Räikkönen, vencedor da última prova e sétimo colocado na Malásia, com 31. Massa é o quinto, com 22.

A próxima prova da temporada 2013 da Fórmula 1 acontece no dia 14 de abril, data em que acontecerá o GP da China.

Massa perde posições na largada, e Alonso abandona na segunda volta

Clive Mason/Getty Images
Fernando Alonso tenta seguir na prova com a asa dianteira da sua Ferrari danificada

A corrida começou com pista molhada por causa da chuva que caiu em Sepang. De volta à primeira fila de um grid de largada após três anos, Massa não fez boa largada e rapidamente caiu para o sexto lugar. O início de corrida do companheiro de Ferrari do brasileiro foi ainda pior. O espanhol Fernando Alonso, chegou a saltar para o segundo lugar, mas acabou tocando no carro do líder, Vettel, e danificou a asa dianteira.

Alonso e a escuderia optaram por permanecer na pista, tentando acumular mais quilometragem antes de uma eventual troca para os pneus slick. Não deu certo. A peça não resistiu, e o espanhol abandonou logo na segunda volta.

A liderança mudou de dono na sexta volta, quando Vettel resolveu colocar pneus para pista seca. Webber assumiu a ponta. Em seguida, outros pilotos, incluindo Massa, fizeram a mesma coisa que o alemão e acabaram formando fila nos boxes. Foi quando aconteceu um momento inusitado: o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, se dirigiu à garagem da McLaren, equipe que defendeu até a última temporada. 

Vettel voltou a liderar na 20ª volta, quando Webber foi para os boxes. Os dois, no entanto, trocaram de posições pouco tempo depois, quando o alemão parou novamente. Pouco depois, o alemão se aproximou do companheiro e chegou a pedir pelo rádio do carro para a Red Bull instruir o australiano a abrir passagem, alegando que ele estava muito lento. O pedido foi negado. Então na terceira colocação, Hamilton acompanhava atentamente a disputa entre os dois.

Button chegou a assumir a liderança na 33ª volta, após os três primeiros colocados irem aos boxes, mas foi ultrapassado pelo australiano da Red Bull no 35º giro. Nesta altura da corrida, Massa aparecia na quinta posição.

Disputa entre companheiros de equipe por posições

Vettel parou pela última vez na 43ª volta. No giro seguinte, Webber fez o mesmo e voltou à pista acossado pelo companheiro de equipe. Sem qualquer interferência da Red Bull, os dois travaram uma briga acirrada pela vitória, vencida, na 46ª volta, pelo tricampeão mundial, que assim praticamente garantiu o triunfo. Pouco antes, Rosberg havia tomado o terceiro lugar de Hamilton, mas o inglês deu o troco em seguida.

Diante dos monitores, os engenheiros Adrian Newey (Red Bull) e Ross Brown (Mercedes) demonstravam preocupação com a disputa franca entre seus pilotos pelas primeiras posições dentro da pista. Assim como Vettel fizera em relação a Webber, Rosberg pediu passagem pelo rádio, sem suceso. Massa parou pela quarta e última vez na 48ª volta e, com pneus novos, conseguiu recuperar algumas posições. Com a ultrapassagem que fez no fim sobre Grosjean, terminou em quinto.

Veja como ficou a classificação do Grande Prêmio da Malásia:

1 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull – 56 voltas
2 - Mark Webber (AUS) - Red Bull - a 4s298
3 - Lewis Hamilton (ING) - Mercedes - a 12s181
4 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – a 12s640
5 - Felipe Massa (BRA) - Ferrari - a 25s648
6 - Romain Grosjean (FRA) - Lotus - a 35s564
7 – Kimi Räikkönen (FIN) - Lotus - a 48s479
8 - Nico Hülkenberg (ALE) - Sauber - a 53s044
9 – Sergio Perez (MEX) - McLaren - a 1min12s357
10 - Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso - a 1min27s124
11 - Valtteri Bottas (FIN) - Williams - a 1min28s610
12 - Esteban Gutiérrez (MEX) - Sauber - a 1 volta
13 - Jules Bianchi (FRA) - Marussia - a 1 volta
14 - Charles Pic (FRA) - Caterham - a 1 volta
15 - Giedo van der Garde (HOL) - Caterham - a 1 volta
16 - Max Chilton (ING) - Marussia - a 2 voltas
Jenson Button (ING) - McLaren - Abandonou
Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso - Abandonou
Pastor Maldonado (VEN) - Williams - Abandonou
Adrian Sutil (ALE) - Force India - Abandonou
Paul Di Resta (ESC) - Force India - Abandonou
Fernando Alonso (ESP) - Ferrari - Abandonou

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1GP da MalásiaRed BullFerrariVettelMassa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas