Bicampeão do mundo, espanhol da Ferrari achou correta decisão da FIA em suspender sessão classificatória do GP da Austrália

Fernando Alonso achou correta a decisão da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) de adiar o treino classificatório do GP da Austrália de Fórmula 1. O piloto da Ferrari, no entanto, lamentou o pelos fãs nas arquibancadas e o trabalho perdido das equipes.

O treino em Melbourne foi adiado por conta das más condições climáticas. O Q1 já começou com 30 minutos de atraso por causa da forte chuva. Uma pausa de 50 minutos se estabeleceu até o Q2. Como a noite se aproximava na Austrália e as condições ofereciam riscos à segurança dos pilotos, a FIA adiou a continuidade da atividade.

"É uma pena que a classificação tenha sido adiada para amanhã. E isso vale para os times que estavam focados na preparação para a sessão, como para o público que veio ver e os comissários que trabalharam muito duro tentando secar a pista", afirmou Alonso.

O Q2 e o Q3 do treino classificatório em Melbourne serão disputados a partir das 21h (de Brasília) de sábado, poucas horas antes da corrida. A prova que abre o Mundial da categoria está marcada para as 3h de domingo.

"Foi a decisão correta por conta das condições, especialmente nas linhas brancas que estavam muito escorregadias. Agora precisamos esperar até amanhã e ver se a pista e o tempo melhoram", completou o espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.