O britânico, de 28 anos, marcou apenas o sétimo melhor tempo do dia, e depois perdeu o controle do carro na curva 6 do circuito de rua de Albert Park, e foi parar no muro

Reuters

Lewis Hamilton, na estreia na Mercedes, não teve sorte e perdeu o controle do carro já na parte final do treino
Mark Thompson/Getty Images
Lewis Hamilton, na estreia na Mercedes, não teve sorte e perdeu o controle do carro já na parte final do treino

A estreia de Lewis Hamilton pela equipe Mercedes, nesta sexta-feira na Austrália, foi marcada por um pequeno acidente e por uma caminhada solitária de volta aos boxes, mas o campeão mundial de 2008 se disse "imensamente feliz" com o primeiro dia de treinos livres.

O britânico, de 28 anos, marcou apenas o sétimo melhor tempo do dia, e depois perdeu o controle do carro na curva 6 do circuito de rua de Albert Park, e foi parar no muro. A equipe atribuiu o acidente a um problema de carenagem que lhe impediu de virar totalmente o carro.

Nico Rosberg, companheiro de Hamilton na Mercedes, ficou em terceiro lugar, atrás das Red Bulls de Sebastian Vettel e Mark Webber. Antes do final do treino, no entanto, Rosberg parou com um defeito na caixa de câmbio.

Hamilton disse a jornalistas que a sexta-feira foi "um dia realmente bom, um dia surpreendentemente bom, realmente positivo". "Obviamente houve alguns problemas, mas eles não foram difíceis de resolver. Acho que é cedo para dizer que somos ‘os melhores entre o resto', mas acho que definitivamente estamos por lá, o que realmente me deixa imensamente feliz".

O "resto" ao qual ele se refere são as outras equipes além da Red Bull, que parece superior às concorrentes. Hamilton se transferiu para a Mercedes após seis temporadas na McLaren, período que inclui o título mundial de 2008.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.