Na McLaren, Pérez surge como um dos grandes atrativos da temporada 2013

Por iG São Paulo - Nathalia De Vivo |

compartilhe

Tamanho do texto

Mexicano de 23 anos substitui Hamilton na equipe britânica e tenta mostrar qualidade em seu ano de estreia pelo time

Sergio Pérez é um dos grandes atrativos da temporada 2013 da Fórmula 1. Depois de um campeonato repleto de bons momentos (e algumas lambanças), o mexicano ganhou a vaga de Lewis Hamilton na McLaren e tenta, com apenas 23 anos, fazer bonito em seu ano de estreia em uma das equipes mais competitivas do grid.

Leia também: Ecclestone descarta entrada da equipe Scorpion na temporada 2013 da F1

O bom retrospecto em 2012 pela Sauber, com três pódios e a décima posição no Mundial, dão mostras de que o jovem pode surpreender. Mas os obstáculos serão muitos, a começar dentro da própria equipe.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Em 2013, ele terá como companheiro Jenson Button, campeão mundial em 2009 e com boas temporadas pela McLaren. Tudo leva a crer que o britânico será o primeiro piloto, mesmo que o histórico do time de Woking mostre uma tendência a igualar os privilégios de suas duplas. Mas a diferença de experiência é grande e o mexicano pode levar desvantagem.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Inexperiência, aliás, é um dos principais problemas de Pérez. Em 2012, o piloto cometeu alguns erros bobos e chegou a gerar críticas por parte de outros pilotos, que cobraram maior serenidade e cuidado do mexicano durante as provas. Na McLaren, a margem para erros será bem menor.

Resta ver até onde Pérez poderá ir, se conseguirá superar seu companheiro e, quem sabe, lutar pelo título, como prometeu em sua apresentação na equipe.

Leia tudo sobre: Sergio PérezJenson ButtonMcLarenFórmula 1F1

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas