Compostos mais vulneráveis à degradação térmica tem objetivo de aumentar emoção nas provas na temporada 2013

A Pirelli, única fornecedora de pneus na Fórmula 1 , apresentou nesta quarta-feira (23), em sua sede em Milão, na Itália, os novos compostos que serão usados na temporada 2013. A novidade é que a empresa produziu pneus menos duráveis, que devem obrigar os pilotos a fazerem ao menos duas paradas por corrida.

Leia também:  Melhor momento do tri em 87 foi acidente de Mansell, afirma Piquet

O objetivo é que a competição estratégica aumente no campeonato deste ano. Assim, a composição dos compostos foi alterada para ser mais macia e mais vulnerável à degradação térmica, fazendo com que o desempenho inicial melhore.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

“As brechas de desempenho entre cada composto agora são de mais de 0,5 segundo por volta. O objetivo é ter mais pit stops e maiores oportunidades de ultrapassagem. A tecnologia de pneus da Pirelli permitiu que o novo pneu duro seja aproximadamente equivalente em maciez ao composto médio do ano passado. O efeito disso é uma degradação térmica mais rápida, ao mesmo tempo em que a janela de pico de desempenho do pneu foi ampliada”, explicou a empresa em comunicado.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Outra mudança anunciada durante o evento foi a cor dos pneus mais duros, que até o ano passado era prata. Para esta temporada, eles passaram a ser da cor laranja, para que não sejam confundidos com os médios, que são pintados na cor branca.

Paul Hembery, diretor de automobilismo da Pirelli, comentou as mudanças feitas para os novos compostos. “A meta é definir continuamente novos desafios para os pilotos e garantir que todas as equipes comecem a nova temporada no mesmo nível de competição com relação aos pneus. Nossa linha 2013 inova mais uma vez para ajudar nas ultrapassagens e garantir dois ou três pit stops por prova”, terminou.

Por fim, a empresa ainda anunciou que deve manter sua dupla de piloto de testes para a temporada 2013. De acordo com a Pirelli, Lucas di Grassi e Jaime Alguersuari devem mesmo seguir como testadores oficiais da marca em 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.