Heptacampeão diz que os carros contribuem e que não existem diferenças entre os pilotos das diferentes épocas

Michael Schumacher, que se aposentou da Fórmula 1 no final da temporada de 2012, após ter retornado de uma outra aposentadoria, no ano de 2006, afirmou que o atual cenário da categoria está mais equilibrado do que no passado.

Leia também:  Revista italiana classifica Ayrton Senna como quarto melhor da história da F1

Em entrevista à publicação alemã Auto Motor und Sport , o piloto afirmou que isso acontece devido às mudanças nos carros. “Na minha época, havia sempre a chance de ser mais rápido do que outro piloto, não apenas alguns décimos, mas 1s. Porque os carros aerodinamicamente não eram tão equilibrados e, portanto, como piloto, você tinha mais possibilidades. Hoje, os carros são estáveis e equilibrados e a diferença em que você trabalha não é tão grande”, comentou o heptacampeão.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Em relação aos pilotos, o alemão afirmou que não vê diferenças entre eles, ao comparar os dois momentos do esporte. “Os pilotos de hoje são muito melhores? Os pilotos da Fórmula 1 sempre foram os melhores do mundo. Hoje há mais pilotos melhores? Eu estabeleci novos padrões na maneira de trabalhar, porém meus antigos colegas trabalhavam de forma perfeita e alguns replicaram este padrão. A diferença, hoje, é que a nova geração cresceu com a mesma escala [de trabalho e comprometimento]”, terminou o piloto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.