Com a confirmação de Senna na Williams, são mínimas as chances do alemão encontrar uma vaga de titular

O anúncio oficial da Williams na terça-feira (17) confirmando a contratação de Bruno Senna para a temporada de 2012 foi mais uma má notícia para o alemão Adrian Sutil.

Leia também: Williams volta a ter um Senna em seu cockpit após 18 anos

Após ser dispensado da Force India , equipe pela qual correu por quatro anos, e com um julgamento marcado para este mês por causa de uma suposta agressão a um dos sócios da Lotus , Sutil tinha a vaga na Williams como uma de suas últimas esperanças para continuar na Fórmula 1.

Com a escolha de Senna e somente uma vaga de titular restante no grid , o ano será de transição para o alemão, segundo disse seu agente, Manfred Zimmermann.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Não ficamos surpresos. As negociações com a Williams já haviam se encerrado no meio de dezembro, porque as opiniões eram diferentes”, contou Zimmermann ao canal de televisão alemão Sport1 . “Continuamos acreditando que ele estará na F1 em 2012. Será um ano de transição, já que estamos planejando a longo prazo”, acrescentou.

“Neste momento vamos nos concentrar no julgamento nos dias 30 e 31 de janeiro”, completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.