Depois de 22 anos à frente da Mercedes, dirigente alemão anunciou saída do time ao fim de 2012

Neste sábado (15), Michael Schumacher declarou que a saída de Norbert Haug vai "abrir um buraco enorme" na equipe Mercedes de Fórmula 1. Haug está deixando seu cargo de diretor da escuderia alemã ao fim deste ano, após 22 anos no cargo.

Leia também: Na Mercedes, Hamilton terá de fazer o que lendas da F1 não conseguiram

Haug foi o grande responsável pelo retorno do time à F1 em 2010 e pela contratação do heptacampeão. "Desde que entrei no automobilismo, Mercedes e Norbert Haug fazem parte deste mundo. A F1 entre em uma nova fase", escreveu Schumacher em seu site pessoal.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

"Passamos muitos anos juntos, sendo concorrentes ou aliados, e Norbert sempre foi uma pessoa leal. Ele vivia automobilismo. E deixará um buraco na F1”, finalizou o agora aposentado Schumacher.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O Chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, que trabalhou diretamente com Haug entre 1995 e 2009, declarou que Haug foi crucial para o sucesso da McLaren nos últimos 15 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.