Tamanho do texto

Heptacampeão afirma que está mais maduro e fácil de lidar depois de não conseguir os resultados que desejava em sua volta

O retorno de Michael Schumacher à Fórmula 1 não rendeu o sucesso esperado por todos seus fãs dentro da pista, mas foi importante para a personalidade do piloto. Quem afirma isso é o próprio heptacampeão, que disse que se sente um ser humano melhor após a experiência.

Leia também:  Casa da Red Bull, Áustria é nova favorita para receber F1 em 2013

“Foi um período interessante como ser humano. Como um verdadeiro ser humano, se você pode atravessar dificuldades e ainda se sentir crescendo e desenvolvendo, isso te deixa mais forte, melhor. É assim que eu me sinto”, afirmou o alemão à rede de televisão europeia RTL.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Schumacher também afirmou que parte de sua evolução aconteceu pelo insucesso que teve dentro da pista. “Me sinto uma pessoa muito mais madura, muito mais aberta, mais fácil de se lidar do que sempre fui após não ter conseguido o sucesso que eu queria”, concluiu o piloto.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Depois de três anos correndo pela Mercedes, Schumacher teve em 2012 seus únicos grandes momentos de destaque na volta à Fórmula 1. A pole position conquistada no GP de Mônaco, mas retirada por ter recebido uma punição no grid, e seu retorno ao pódio, no GP da Europa , em Valência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.