Alemão diz que, para ter sucesso na Fórmula 1, é preciso uma combinação entre um bólido competitivo e um piloto competente

Após ouvir de Fernando Alonso que seu maior concorrente na luta pelo campeonato era Adrian Newey , projetista da Red Bull, Sebastian Vettel decidiu dar uma resposta nesta quinta-feira (22), em Interlagos. O alemão se defendeu dizendo que apenas um bom carro não faz campeões. 

Leia também:  Chuva pode ser o grande trunfo de Alonso na luta pelo título em Interlagos

“Se você olhar para trás, não sei o quão longe, não foram muitas pessoas que se saíram bem em um carro muito ruim. É uma coisa natural para acontecer: um dia você tem um bom piloto em uma boa equipe, e isso acaba sendo uma forte combinação e acaba ficando difícil de bater”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto ainda relembrou o começo de carreira de Michael Schumacher e Alonso. “É natural estar em um carro mais fraco. Todos já estivemos nesta situação. Schumacher começou na Jordan, que não é competitiva, mas teve alguns pontos altos. Assim como Fernando Alonso, que começou na Minardi e também teve seus pontos altos.”, disse.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O alemão terminou ressaltando que a concentração para a corrida já começa na sexta-feira (23). “O final de semana começa amanhã de manhã, e não no domingo. Temos que ir calmamente, para ter certeza que teremos o máximo resultado. Historicamente nós somos muito rápidos aqui. Nós sabemos que aqui é um lugar que muitas coisas podem acontecer. Precisamos ser fortes no momento certo para ver o que podemos consegui”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.