François Puentes comenta sobre personalidade forte do piloto e relembra caso que ficou famoso após vitória em Abu Dhabi

As respostas ríspidas de Kimi Raikkonen no rádio da Lotus durante sua vitória em Abu Dhabi podem ter parecido muito grosseiras para quem acompanhou de fora, mas são relembradas com bom humor pela equipe. Quem garante isso é François Puentes, um dos principais diretores da equipe na área comercial ligada ao esporte.

Leia também:  Com luxo e conforto, fãs de F1 escolhem helicóptero para ir ao GP do Brasil

Puentes começou a trabalhar com Fórmula 1 em 2007, quando era responsável pelo combustível da Ferrari, equipe onde Raikkonen foi campeão justamente naquele ano. Apesar de todo esse tempo na categoria, o diretor diz que a vitória em Abu Dhabi está entre os momentos principais de sua carreira. “Estávamos perseguindo a vitória há tempos. Foi muito especial”, explicou Puentes em entrevista ao iG.

Depois da prova, Raikkonen personalizou centenas de camisetas com a frase “Me deixe em paz” , que repetia seguidamente no rádio, e distribuiu para os funcionários. “Foi muito engraçado. Na semana seguinte todos nós recebemos aquelas camisetas personalizadas com a frase dele. Entendemos tudo o que aconteceu e gostamos bastante”, comentou Puentes, relembrando a falta de necessidade de dar certos conselhos ao piloto. “Durante a corrida, é claro que ele não vai gostar de ouvir coisas óbvias, que podem atrapalhar, como ordens para esquentar os pneus quando estiver atrás do Safety Car”, comentou aos risos o diretor.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O francês cuida das contas de patrocinadores e parceiros da Lotus, e também está sempre em contato direto com engenheiros e pilotos. Preocupado com a imagem da equipe dentro e fora das pistas, Puentes garante que o episódio acabou sendo bom para o time. “Kimi é experiente e grande piloto. Seu nome é muito forte e tudo que o envolve acaba nos ajudando. Ele é um cara muito querido dentro da equipe. De fora, às vezes, pode parecer um cara diferente. Mas todos na equipe gostam muito dele, ele trata todos bem”, comentou.

Raikkonen impressionou também dentro das pistas

Além de ser querido por suas atitudes fora das pistas, Raikkonen também impressiona a equipe nas corridas. “Quando ele se juntou ao time, no início do ano, foi muito bom para nós. Ele foi fazer seus primeiros testes, ainda com o carro do ano passado. Os engenheiros de pista voltaram de lá impressionados”, explicou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Ele realmente sabe o que está fazendo. Já passou por equipes como Ferrari e McLaren, então já chegou sabendo de muitas coisas, mesmo estando dois anos fora da F1”, exaltou o diretor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.