Dirigente afirmou que já tem um substituto para o cargo e que é o momento ideal para sair do comando da escuderia

Foi anunciado nesta terça-feira (6) que Tony Fernandes deixara de ser o chefe de equipe da Caterham ao final desta temporada. O dirigente disse que sua saída foi a melhor escolha para o time no momento.

Leia também:  Para ser campeão nos EUA, Vettel precisa de resultados incomuns

“Chegamos à conclusão de que é melhor se alguém assumir o papel de chefe de equipe para seguir em frente. Somos definitivamente melhores nos negócios do que em conseguir segundos por volta. Era certo liderar a equipe inicialmente e montar um cenário de como ia ser. Isso já está agora em prática e o time está pronto para seguir em frente”, afirmou para a revista Autocar .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O malaio disse ainda que seu sucessor será alguém do meio da Fórmula 1 , mas não revelou seu nome. “Eu sei quem será, porque recebi a confirmação hoje cedo, mas eu não posso dizer o seu nome. Tudo o que posso dizer é que ele já trabalha na F1”, finalizou.

Tony Fernandes deixará cargo de chefe de equipe da Caterham ao fim da temporada
Getty Images
Tony Fernandes deixará cargo de chefe de equipe da Caterham ao fim da temporada

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.