Em sexto, Alonso diz que extraiu o máximo do carro da Ferrari em Abu Dhabi

Espanhol vai largar apenas da terceira fila e afirma que não conseguiria uma posição melhor no circuito de Yas Marina

iG São Paulo | - Atualizada às

Fernando Alonso voltou a reclamar sobre o desempenho do carro da Ferrari em classificatórios. Depois de terminar o treino deste sábado (3) na sexta posição, o espanhol afirmou que ficou satisfeito com seu desempenho pessoal no circuito de Yas Marina, mas disse que não seria possível terminar mais à frente.

Leia também: Quebra do toque de recolher da Ferrari não funciona, e Alonso fica apenas em 6º

“Nós extraímos o máximo do carro”, afirmou o piloto, que citou como exemplo seus tempos iguais nas duas últimas partes do treino. “Eu fiz 1min41s5 no Q2, 1min41s5 na primeira volta no Q3 e 1min41s5 na segunda volta do Q3. Acho que eu poderia fazer 100 voltas e continuar com o mesmo tempo, porque era o máximo hoje”, explicou.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O desempenho abaixo do esperado vem justamente depois de a Ferrari quebrar duas vezes seguidas o toque de recolher em Abu Dhabi para trabalhar em seus carros. Apesar do cenário desfavorável, Alonso espera que recupere posições na corrida. “Infelizmente, seis pessoas foram mais rápidas do que nós. Normalmente, o ritmo melhora no domingo, então espero que seja o caso”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Vice-líder do Mundial, Alonso está 13 pontos atrás de Vettel e tenta diminuir a vantagem do alemão nesta reta final de campeonato. O GP de Abu Dhabi será realizado neste domingo (4), às 11 horas (de Brasília).

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Fernando AlonsoFerrariGP de Abu Dhabi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG