Sexto lugar em Buddh, piloto afirma que conseguiria largar mais à frente no grid caso não tivesse errado durante sua volta rápida

Felipe Massa conquistou o sexto lugar no grid para o GP da Índia, que será disputado neste domingo (27). Satisfeito com sua colocação, o piloto disse que poderia largar à frente de Fernando Alonso, seu companheiro na Ferrari, se não tivesse cometido um pequeno erro em sua volta rápida, que lhe tirou dois décimos. Massa, que foi 84 milésimos mais lento que o espanhol, assumiu que a Ferrari não pode competir contra a Red Bull.

Leia também: Vettel confirma domínio e conquista a pole position do GP da Índia

“Consegui fazer uma boa volta, mas poderia ter sido melhor. Perdi dois décimos numa curva em que saí de traseira. Mas estamos mais ou menos onde deveríamos. Vimos que a Red Bull está bem mais rápida do que nós, e a McLaren, um pouco mais”, disse. Sebastian Vettel e Mark Webber largam da primeira fila na Índia. Lewis Hamilton e Jenson Button dividem a segunda.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Massa não escondeu sua preocupação com o favoritismo da Red Bull. “Dentro da pista, eles sempre são os mais rápidos. Em treino, classificação e corrida. Não há muito o que fazer contra eles. Não somos páreos aqui”, assumiu.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.