Sam Michael, diretor esportivo da equipe inglesa, espera que time vença todas as corridas restantes da temporada

A McLaren prometeu pressionar a Red Bull, principal favorita ao título mundial de Pilotos e Construtores, até o fim da temporada 2012, mesmo tendo seus dois pilotos com poucas chances na disputa. Sam Michael, diretor esportivo, diz que a meta da equipe continua sendo as vitórias, apesar de seus recentes fracassos nas últimas provas.

Leia também: Schumacher reconhece que esperava título em dois anos após voltar à F1

A equipe de Lewis Hamilton e Jenson Button era tida como a favorita nesta parte final do ano. Depois das férias de agosto da categoria, a McLaren venceu duas provas consecutivas, na Bélgica e Itália. Mas a partir de então a Red Bull voltou ao topo e encaixou três vitórias seguidas, com Sebastian Vettel.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Michael disse que a meta geral do time é vencer todas as quatro corridas restantes em 2012. "Nós estamos preparados para pressionar neste fim de ano. Incomodar a Red Bull, a favorita. A meta é vencer em todas as corridas, e nós vamos fazer o nosso melhor para conseguir isso", disse Michael nesta quarta-feira (24). "A Red Bull deu um salto impressionante em Cingapura e no Japão. Eles são muito fortes. Mas nossa meta ainda é vencê-los”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.