Alemão da Red Bull assume liderança do Mundial à frente de Alonso, que chegou em terceiro. Massa termina em quarto, e Bruno Senna fica em 15º

Sebastian Vettel venceu o Grande Prêmio da Coreia deste domingo (14) e assumiu a liderança do Mundial a quatro provas para o fim da temporada. O alemão da Red Bull ultrapassou seu companheiro Mark Webber logo no início da prova, não foi mais ameaçado e chegou à terceira vitória seguida no campeonato.

Leia também: Com vitória, Vettel supera Alonso e assume liderança do Mundial

Fernando Alonso , que caiu para a vice-liderança do Mundial, chegou na terceira posição e completou o pódio em Yeongam, logo atrás de Webber. Após largar em sexto, Felipe Massa chegou a ameaçar seu companheiro e terminou na quarta posição, à frente de Kimi Raikkonen, Nico Hulkenberg e Romain Grosjean. Os carros da Toro Rosso conseguiram pontuar com Jean-Éric Vergne, em oitavo, e Daniel Ricciardo, em nono. Lewis Hamilton completou o Top-10.

Vettel passa Webber e assume a liderança no início da corrida

A primeira volta do GP da Coreia foi muito movimentada entre os primeiros colocados. Após largar em segundo, Vettel deixou Webber para trás logo na primeira curva e assumiu a liderança. Alonso ganhou a posição de Hamilton e pressionou os dois carros da Red Bull, mas não conseguiu a ultrapassagem e se manteve em terceiro.

Hamilton caiu para quarto, à frente de Massa, que ganhou a posição de Raikkonen em mais uma boa disputa por posição da primeira volta. Grosjean, que havia largado atrás do brasileiro, perdeu posição para Hulkenberg e caiu para oitavo ainda no primeiro giro.

Mas a barbeiragem da primeira volta desta vez não foi causada por Grosjean, e sim por Kamui Kobayashi, que acertou os carros de Jenson Button e de Nico Rosberg, que tiveram de abandonar a prova e causar bandeira amarela no trecho em que a Mercedes do alemão ficou paralisada. Pouco depois, o japonês da Sauber levou um drive-through como punição pelo incidente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Massa ultrapassa Hamilton após primeira parada e assume a quarta posição

Os pilotos começaram a ir para os boxes para troca de pneus na volta 14. O primeiro a parar foi Hamilton, seguido por Webber, Massa e Raikkonen. Vettel e Alonso pararam na volta seguinte, e as posições dos primeiros não se alteraram após as trocas de pneus.

Massa, porém, voltou mais rápido que Hamilton e pressionou o britânico da McLaren, que perdia muito tempo com relação ao rival brasileiro. No fim da reta oposta, com auxílio da asa móvel, Massa deixou Hamilton para trás e assumiu a quarta posição, atrás de Vettel, Webber e Alonso.

Pouco depois, Hamilton ainda protagonizou outra grande briga com Raikkonen. O finlandês da Lotus se aproximou, conseguiu ultrapassar utilizando a asa móvel, mas logo em seguida perdeu a posição novamente em bela manobra de Hamilton, que manteve sua posição antes de voltar aos boxes para mais uma troca no giro 27.

Senna, que havia largado em 17º e subido para 12º logo no início, caiu para 14º após a troca de pneus.

Massa volta mais rápido e se aproxima de Alonso após segunda parada nos boxes

Depois de Hamilton, que parou mais cedo, a segunda leva de trocas de pneus dos líderes começou com Webber, no giro 33. Todos os outros líderes pararam até a volta 36 e voltaram com suas posições mantidas, com Vettel seguido por Webber, Alonso e Massa, com o brasileiro pressionando o espanhol após voltar mais rápido na pista. Massa chegou a diminuir a diferença para quase um segundo, mas foi avisado pela Ferrari para não forçar o ritmo, já que Alonso ainda briga pelo título.

Raikkonen voltou em quinto, à frente de Hamilton, Grosjean e Hulkenberg, que protagonizaram uma bela briga por posições. O francês da Lotus tentou ultrapassar Hamilton após usar a asa móvel, teve a porta fechada pelo britânico, mas os dois foram surpreendidos por Hulkenberg, que veio por fora e assumiu a sexta posição.

Vettel mantém a ponta e vence a terceira seguida

No fim da prova, Vettel manteve a ponta sem problemas e alcançou sua terceira vitória seguida na temporada, depois dos triunfos em Cingapura e no Japão. Webber não chegou a ser pressionado por Alonso e terminou em segundo, com o espanhol completando o pódio. Massa manteve um ritmo forte até o fim e terminou em quarto, à frente de Raikkonen, Hulkenberg e Grosjean.

Vergne passou Ricciardo no fim e terminou em oitavo. O décimo foi Hamilton, que no fim ainda ficou com um tapete de grama sintética preso em seu carro e não conseguiu ultrapassar os carros da Toro Rosso, chegando a ser ameaçado por Pérez até cruzar a bandeira quadriculada em décimo. Senna terminou na 15ª posição, logo atrás de Pastor Maldonado, seu companheiro de Williams.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A temporada 2012 da Fórmula 1 terá apenas mais quatro etapas até o fim do ano. A próxima corrida será na Índia, no dia 28 de outubro.

Confira como ficou a classificação do Grande Prêmio da Coreia:

1 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull – 55 voltas
2 – Mark Webber (AUS) - Red Bull – a 8s2
3 – Fernando Alonso (ESP) - Ferrari – a 13s9
4 – Felipe Massa (BRA) - Ferrari – a 20s1
5 – Kimi Raikkonen (FIN) - Lotus – a 36s7
6 – Nico Hulkenberg (ALE) - Force India – a 45s3
7 – Romain Grosjean (FRA) - Lotus – a 54s8
8 – Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso – a 1min9s5
9 – Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso – a 1min11s7
10 – Lewis Hamilton (GBR) - McLaren – a 1min19s6
11 – Sergio Pérez (MEX) - Sauber – a 1min20s
12 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 1min24s4
13 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 1min29s2
14 – Pastor Maldonado (VEN) - Williams – a 1min34s9
15 – Bruno Senna (BRA) - Williams – a 1min36s9
16 – Vitaly Petrov (RUS) - Caterham – a 1 volta
17 – Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham – a 1 volta
18 – Timo Glock (ALE) - Marussia – a 1 volta
19 – Charles Pic (FRA) - Marussia – a 2 voltas
20 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – a 2 voltas
21 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – Abandonou
22 – Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber – Abandonou
23 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – Abandonou
24 – Jenson Button (GBR) - McLaren – Abandonou

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.