Justiça indiana emite mandado de prisão contra chefe da Force India

Vijay Mallya, bilionário proprietário da equipe da Fórmula1, não compareceu a sessão marcada para esta sexta-feira

iG São Paulo | - Atualizada às

O bilionário proprietário da Force India, Vijay Mallya, está sendo procurado pela justiça indiana. Um mandado de prisão foi emitido nesta sexta-feira (12) contra Mallya, que não compareceu a sessão judicial marcada. As informações são da AFP .

Leia também: Vettel lidera dobradinha da Red Bull no segundo treino livre na Coreia

O mandado refere-se a cheques emitidos pela companhia aérea Kingfisher, de propriedade de Mallya, que foram devolvidos. Os cheques, no valor de US $ 2 milhões, foram emitidos para pagar taxas do Aeroporto Internacional de Hyderabad. "O caso seria discutido entre as partes hoje, no tribunal”, disse um porta voz do tribunal de Hyderabad.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Uma vez que ele não compareceu perante o magistrado, o tribunal ordenou a emissão de mandado de prisão inafiançável contra Vijay Mallya e quatro funcionários da Kingfisher Airlines". O mandado de prisão é o último de uma série de contratempos financeiros da Kingfisher, que pode ter dívidas na casa dos bilhões. A companhia aérea não gera lucros desde 2005.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Vijay MallyaForce IndiaFórmula 1Automobilismo

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG