Brasileiro, nono colocado na segunda sessão de treinos livres no Japão, acredita que rendimento do time italiano deve melhorar no classificatório e na corrida

O brasileiro Felipe Massa acredita que o carro da Ferrari tem potencial para conseguir bons resultados no Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1. O paulista foi o nono colocado da segunda sessão de treinos livres em Suzuka, na madrugada desta sexta-feira (5), mas acha que pode melhorar seu rendimento para o treino classificatório e a corrida.

Leia também: Webber lidera segundo treino e é o mais rápido da sexta-feira no Japão

Massa fechou o dia com 1min33s614 na nona posição da segunda atividade do dia, atrás ainda de Bruno Senna, da Williams, oitavo colocado. Seu companheiro de equipe e líder do Mundial, o espanhol Fernando Alonso ficou em quinto no treino liderado por Mark Webber. O australiano da Red Bull rodou a 1min32s493.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Mesmo que não tenhamos igualado o ritmo dos outros, ainda há muito que podemos melhorar e também precisamos levar em conta o fato que a pista muda muito de um dia para o outro. Espero que os resultados apareçam amanhã porque temos potencial para ir bem", avaliou o brasileiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Ainda sem contrato com a Ferrari para a próxima temporada, Massa acredita que o desgaste dos pneus em Suzuka será fator primordial para seu desempenho na corrida. Com a previsão de pista seca e calor forte durante todo o fim de semana, os compostos da Pirelli devem sofrer grande degradação. "De tarde fizemos voltas longas no final e vimos um desgaste alto dos pneus. Não será fácil decidir qual estratégia usar", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.