McLaren fez a melhor oferta da Fórmula 1 para Hamilton, afirma chefe da equipe

Martin Whitmarsh diz que não se arrepende das negociações, apesar de piloto ter escolhido se transferir para a Mercedes

iG São Paulo |

Lewis Hamilton estava mesmo disposto a mudar de equipe na próxima temporada. De acordo com Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, a equipe britânica apresentou a melhor proposta financeira entre todos os pilotos da Fórmula 1 para que o piloto continuasse no time de Woking.

Leia também: Mercedes isenta Schumacher de culpa por falta de resultados

“Acho que Lewis é um piloto muito rápido e nós não subestimamos sua capacidade de atrair os outros na F1”, explicou. “Acredito que a oferta que fizemos foi mais alta do que qualquer outro piloto na Fórmula 1 hoje está recebendo ou vai receber no próximo ano. Acho que foi uma boa oferta, mas claramente nós tivemos de olhar as alternativas porque reconhecemos que era uma séria ameaça”.

Whitmarsh afirmou que a equipe tentou manter o campeão mundial de 2008 até o fim das negociações, antes de perder o piloto para a Mercedes . “Nos esforçamos muito para tentar manter o Lewis. Claramente ele é um grande trunfo para qualquer equipe. Fizemos uma grande oferta, mas ele tinha de tomar uma decisão e agora temos de seguir em frente”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

De acordo com o chefe da McLaren, não houve tempo para se arrepender das negociações. “Tivemos muitas conversas com os agentes de Lewis. Não acho que eu tenha arrependimentos. Acho que fizemos uma boa e séria oferta, mas não pudemos fechar o acordo. Não há muito tempo para ficar se arrependendo na Fórmula 1”, comentou. Pouco depois, a equipe fechou contrato com Sergio Pérez , da Sauber.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar de já projetar a estreia do mexicano em 2013, Whitmarsh reconhece que ainda pensa no campeonato deste ano. “Temos seis corridas pela frente, um carro competitivo, dois pilotos competitivos e dois campeonatos em nossa mira”, explicou. “Acredito que Lewis está totalmente comprometido em trabalhar duro com a equipe para contribuir com nossa meta do campeonato de construtores”, concluiu. Hamilton está em quarto no Mundial de Pilotos , enquanto a McLaren é a vice-líder nos Construtores .

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Martin WhitmarshMcLarenLewis Hamilton

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG