Kubica afirma que ainda é cedo para pensar na Fórmula 1

Polonês, que sofreu acidente no ano passado, segue com pouca mobilidade em seu braço direito

Gazeta |

Após sofrer grave acidente durante rali no início de 2011, o piloto Robert Kubica já demonstra sinais de melhora, mas acredita ser cedo para começar a pensar em seu retorno para a Fórmula 1 , onde era apontado como um dos pilotos mais promissores.

Leia também:  Rubinho diz que Williams teria o dobro de pontos com piloto mais experiente

Seu principal obstáculo para a volta é a recuperação de seu braço direito, pois no acidente ele perdeu parte da movimentação do membro, tendo que passar por uma série de cirurgias para tentar readquirir a sensibilidade e força necessárias para conseguir guiar novamente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Ainda é prematuro pensar nisso, já que estou praticamente começando do zero após um ano e meio do acidente", disse o polonês à revista italiana Autosprint . Ele agora é cogitado para ser piloto de testes da Pirelli nos próximos anos.

Em setembro, quando retornou às competições, venceu duas provas amadoras de rali. Em 2013, ele pretende continuar sua readaptação ao automobilismo participando de uma temporada completa de alguma categoria.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"O caminho até a recuperação é complicado, mas correr em ralis é bom para mim, pois competir me ajuda psicologicamente, me dá moral e vencer é um bom remédio. Quero continuar gradualmente, porque não dá para saber quando vou estar recuperado. Meu futuro está 70% na pista e 30% no rali. Enquanto isso, quero fazer um campeonato completo para ficar bem em 2014", explicou o antigo piloto da Lotus.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Robert KubicaRaliFórmula 1

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG