Tamanho do texto

Piloto alemão afirma que pista de Suzuka vai manter seu foco na temporada, apesar da punição que terá no grid

Michael Schumacher mostrou nesta terça-feira (2) que não se desmotivou após ter confirmada a sua saída da Mercedes em 2013. Com a transferência de Lewis Hamilton para a equipe , o alemão ainda não definiu seu futuro, mas afirma ainda estar pronto para correr.

Leia também: Schumacher não está velho para a F1, dizem especialistas

Um dos motivos para a confiança de Schumacher é o próximo GP, que será disputado em Suzuka, pista onde já venceu seis vezes e foi campeão mundial. “Minha motivação está completamente intacta depois das notícias da última semana, especialmente porque Suzuka é um dos melhores momentos da temporada para mim”, comentou.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Para Schumacher, a pista japonesa é uma das mais desafiadoras do calendário. “Eu gosto do circuito, tem algumas partes que desafiam você como piloto como em quase nenhum outro lugar”, elogiou o piloto heptacampeão mundial.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar de ter histórico de sucesso no Japão, Schumacher terá dificuldades no fim de semana. C omo causou um grave acidente em Cingapura , o alemão será punido com a perda de dez posições no grid de largada em Suzuka. “Logicamente, seria bom também conseguir um bom momento esportivamente neste fim de semana, embora minhas chances estejam limitadas por causa da minha punição. Mas eu sempre encaro essas coisas como um desafio”.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 no Japão *:

Quinta-feira, 4 de outubro
1º treino livre: 22h

Sexta-feira, 5 de outubro
2º treino livre: 2h
3º treino livre: 23h

Sábado, 6 de outubro
Classificatório: 2h

Domingo, 7 de outubro
Grande Prêmio do Japão: 3h

* Sempre pelo horário de Brasília