Apesar da crise, Grécia investe 30 milhões de euros para receber F1

País vai construir circuito com objetivo de sediar uma etapa da categoria em breve

iG São Paulo |

A crise econômica vivida atualmente pela Grécia parece não ter atrapalhado os planos do país de receber a Fórmula 1 em breve. O Ministério do Desenvolvimento grego anunciou nesta segunda-feira (1) que o governo liberou aproximadamente 30 milhões de euros (78,3 milhões de reais) para a construção do um circuito em Xalandritsa, perto de Patras, terceira maior área urbana do país.

Leia também: Schumacher não está velho para a Fórmula 1, dizem especialistas

De acordo com a agência de notícias EFE , a pista também servirá como palco de outras categorias, para que não fique dependente apenas da Fórmula 1. O canal Bloomberg ainda informou que o circuito custará 94,6 milhões de euros (246 milhões de reais), contando com ajuda da empresa privada Racetrack Patras S.A.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Atualmente, o país recebe uma etapa do Campeonato Mundial de Rali. A Grécia nunca sediou a Fórmula 1 e nunca teve um piloto na categoria.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Grécia

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG